Pensamento...

"Eu sou o Colombo da minha alma e diariamente descubro nela novas regiões." | Gibran Khalil Gibran.

quarta-feira, 28 de julho de 2010

NOS RUMOS DA EVOLUÇÃO

Excerto do capítulo três do livro A Espiritualidade em Quadras:



“Do tempo das cavernas até a atualidade, o homem passou por transformações sucessivas e por demais significativas, que alteraram o seu modo de ser, de viver, de se comportar, de se relacionar... A esse processo dá-se o nome de evolução.
Considerando as transformações pelas quais o homem já passou, pode-se depreender que outras ainda ocorrerão, talvez até mais profundas e importantes.
A evolução é entendida pelo Espiritismo como sendo a sucessão de estados pelos quais o ser espiritual passa, iniciando no estado de simplicidade e ignorância e avançando até o estado de perfeição relativa que lhe seja possível. A evolução, assim, possui um sentido bem determinado, que é o do crescimento, o do desenvolvimento contínuo.
[…]
Todo o processo evolutivo ocorre através da reencarnação. O ser espiritual encarna no mundo material, vive nele durante um período mais ou menos longo e adquire experiências, depois desencarna, regressando ao mundo espiritual, onde avalia o aproveitamento da encarnação, aprofunda estudos e observações sobre si mesmo, planeja um novo retorno para o mundo material, reencarna e assim sucessivamente (…).”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar