Pensamento...

"Eu sou o Colombo da minha alma e diariamente descubro nela novas regiões." | Gibran Khalil Gibran.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

O PODER DA ORAÇÃO



Excertos do cap. 9, O Poder da Oração, do livro A Espiritualidade em Quadras:

A prática da oração é fundamental para termos uma vida equilibrada e feliz.
Meio de nos comunicarmos com Deus, a oração, quando verdadeira, eleva e acalma, permitindo um diálogo aberto e franco, mediante o qual expomos nossas inquietações e fragilidades e recebemos, as vezes de um modo imperceptível, as orientações justas e seguras de que precisamos.
Possibilitando uma ligação íntima e profunda com Deus, a oração faz com que movimentemos as energias mais sutis e nobres que existem em nós, situando-nos nas dimensões superiores da nossa própria consciência. É justamente ali que se dá o nosso encontro com Deus.
A oração, deste modo, nada mais é do que a conexão consciente do nosso pensamento com o pensamento divino, que é o gerador e mantenedor de tudo o que existe.
Fazendo um minucioso estudo da oração, Allan Kardec concluiu que a sua eficácia e o seu poder repousam por completo no pensamento, em nada dependendo “(...) das palavras, nem do lugar, nem do momento em que seja feita. [Podendo-se], portanto, orar em toda parte e a qualquer hora, a sós ou em comum1”.
A oração prescinde de qualquer aparato exterior ou mesmo de uma postura corporal específica para que seja formulada, requerendo tão somente uma atitude de respeito e de introspecção.
[...]

_________________________________________
1KARDEC, Allan. O Evangelho Segundo o Espiritismo. 120.ed. Rio de Janeiro: Federação Espírita Brasileira, 2002. p.483.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar