Pensamento...

"Eu sou o Colombo da minha alma e diariamente descubro nela novas regiões." | Gibran Khalil Gibran.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

O ENCONTRO DO CORAÇÃO

Coração abandonado
Bem na frente de uma porta,
Soluçando, exclamava:
"- E comigo, quem se importa?!"

Passaram muitas pessoas
No caminho lá da rua,
Mas sem dar atenção,
Cada um na sua...

Coração desesperado
Sem saber o que fazer,
Foi até aquela porta
E começou a bater.

Toc-toc-toc, ele bateu.
Esperou, esperou, esperou...
Mas ninguém apareceu...
"- Eu não sei pra onde vou?!"

Foi pra cá e foi pra lá...
E não foi que se perdeu?!
"- Eu não sei onde estou
E nem mais quem sou eu!"

Ao sentir-se tão sozinho
Recorreu à oração.
Lá do céu desceu um anjo
E pousou no coração.

Explicou-lhe sem palavras
Mas que ele ouviu bem
Que na vida não existe
Quem não tenha um alguém.

Uma luz acendeu-se
No escuro coração,
Parecendo uma estrela
A brilhar ali no chão.

Assim é a esperança
Que anima e conduz
Aquele que sem querer
Apagou a própria luz.

Deu graças ao anjo amigo
Que bondoso lhe ajudou
A voltar aquela porta
Que fechada lá ficou.

Toc-toc-toc, bateu de novo
E agora, encorajado,
Encontrou o seu amor
Esperando d'outro lado!
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar