Pensamento...

"Eu sou o Colombo da minha alma e diariamente descubro nela novas regiões." | Gibran Khalil Gibran.

terça-feira, 13 de outubro de 2015

PARAÍSO

Eu queria que o mundo
Se tornasse um paraíso
E que todas as lágrimas
Desaguassem num sorriso.

Mas eu sei não ser possível,
Pelo menos por enquanto,
Uma Terra redimida,
Sem nenhuma dor ou pranto...

Porém, um simples sorriso,
Quem é que não pode dá-lo?
Até mesmo quem está triste
Tem o dom de esboçá-lo.

Impulso sublime e nobre,
Que do Eu profundo nasce,
Percorreu muitos caminhos
Desenhando-se na face.

Modelado pelos lábios
Em matizes singulares
Imita o esplendor
Dos clarões estelares.

Reflete a luz de dentro
Sobre as trevas de fora,
Como a noite que finda
Nos albores da aurora.

E se ele ilumina
E faz bem, simples assim,
Ao sorrir, o mundo não seria
Um paraíso para mim?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar