Pensamento...

"Eu sou o Colombo da minha alma e diariamente descubro nela novas regiões." | Gibran Khalil Gibran.

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

NOTA DE IRMÃO - ANDRÉ LUIZ / CHICO XAVIER



Apreciação:

A mensagem que escolhi para nos inspirar nesta semana é do Espírito André Luiz.
Ela nos situa no seio das contradições e desafios que nos singularizam, sublinhando a nossa condição humana.
Reforça que cada um deve cooperar para o bem pessoal e coletivo onde esteja vivendo, jamais tomando as imperfeições que possui por impedimento.
É uma mensagem que ao mesmo tempo esclarece e conforta, merecendo destaque e meditação.

Nota de Irmão

Psicografia do médium Francisco C. Xavier.
Autor Espiritual: André Luiz

Diz você, meu amigo, que não se encontra habilitado para as tarefas do bem, à vista das imperfeições que carrega.
Entretanto, ponderemos:
Se você:
não experimenta empeços orgânicos;
se não suporta conflitos íntimos;
se vive isento de tentações;
se respira em clima de paz inalterável;
se você não tem familiares problemas;
se não sofres obstáculos no lar;
se não vê desajustes em seu grupo social;
se não encontra companheiros difíceis;
se você:
não conheceu algum dia a solidão de perto;
se caminha no mundo sem qualquer inquietação;
se não enfrentou crises em seu campo individual;
se nunca enxergou ao seu lado a presença do desânimo ou da aflição;
se você:
não precisa esforçar-se para conservar seus amigos;
se não conhece adversários na tarefa que a vida lhe confiou;
se trabalha sem críticos que lhe façam observações e lhe desafiem o espírito a discussões e distonias em serviço;
se não experimenta contratempos e desgostos que, de quando a quando, lhe impulsionem o coração a renovações necessárias...
Se você desconhece algo desta lista de provas, então estará fora do seu nível de evolução.
Isso ocorre porque, na Terra, é justamente em problemas e lutas que obteremos as vitórias da alma.
Lembre-se:
A criatura humana realmente não entenderia a voz de uma estrela. E sem que a criatura humana ouça o verbo e receba a cooperação de quem lhe compartilhe as experiências, o esforço da evolução para cada um de nós, no clima do mundo, se faria impossível.”

Retirado do livro:
XAVIER, Francisco C. / PIRES, J. Herculano. Diálogo dos Vivos. São Bernardo do Campo-SP: GEEM, 1974. p.112-113.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pesquisar